MacBook Pro 13,3" com Intel Core i5 Sandy Bridge - review

No começo era assim: eu usava um smartphone Android e um laptop AMD PC. Depois troquei o Smatphopne por um iPhone 3GS usado, e observei que era algumas (muitas) vezes melhor que meu antigo Android. Depois comprei um iPad de primeira geração. Gostei. E, agora, depois de muito testá-lo em uma dessas Apple Store, chegou um MacBook Pro 13.3".


Este Macbook Pro faz parte da geração atualizada pela Apple em 2011 e conta com 4GB de memória DDR3 1333MHz, e processador gráfico Intel HD Graphics 3000. O preço desse modelo é de US$ 1199 dólares (mas está sendo vendido com 70 dólares de desconto na Best Buy), tem tela de 13 polegadas e uma CPU de 2.3GHz dual-core Intel Core i5.



O Intel Sandy Bridge nem é tao novo assim, então todos já o conhecem bem, mas, em linas gerais trata-de de uma ótima CPU para o MacBook, tornando-o bastante rápido em qualquer tipo de tarefa.


Esta geração de MacBooks é a primeira que a Apple sentiu-se à vontade para usar o Intel HD como processador gráfico principal, pois o Mac OS Lion é um sistema operacional bastante visual e exige bastante da GPU, e mesmo assim a performance desse MacBook é excelente nesse aspecto.


Este MacBook vem com uma nova webcam integrada chamada FaceTime HD, que substitui a webcam iSight encontrada nos outros MacBook. Capaz de capturar vídeos com resolução de 720p, a nova WebCam leva o nome do software da Apple encontrado no iPhone 4 e quee permite chamadas de vídeo. Já fiz o teste chamando o MacBook para o iPhone e vice-versa e foi tudo perfeito.


A qualidade da imagem é excelente, podendo-se, inclusive, filmar textos que ficam bem legíveis.


A tela é de LED backlit com medida 13,3 e resolução 1280 por 800.


O teclado é completo, e com iluminação backlight. O mouse é multi-touch com suporte a gestos.


Os alto-falantes são estéreo e o microfone integrado. Há também uma porta FireWire 800, uma Gigabit Ethernet, um conector de energia MacSafe, e uma porta de saída de áudio.

Vida útil da bateria

A bateria do MacBook Pro é built-in, então você não pode trocá-la por uma bateria carregada, que torna a duração da bateria algo importante. A Apple diz que a bateria do MacBook Pro deve durar até 7 horas.

Em uso intenso, o significa usar Internet Wi-Fi, QuickTime Player para rodar um filme em tela cheia com tela com brilho máximo, a bateria dura aproximadamente 5 horas e 30 minutos. Se for fazer tarefas mais leves, deve chegar às 7 horas divulgadas pela Apple.

Conclusão

Os novos Apple MacBook Pro são caros, bem caros, mas o sistema operacional está, de fato, anos luz na frente do Windows. Trata-se de um sistema mais rápido e com uma interface mais avançada e evoluída.



Bastam poucas horas de uso de um MacBook para não se sentir saudades nenhuma do Windows. Este não é, porém, o LapTop mais barato da Apple. É possível comprar um MacBook Air com tela de 11" por pouco mais de 900 dólares. O problema é que não tem o drive ótico e o HD tem pouca capacidade.



De qualquer forma, eu recomendo o MacBook para quem está disposto a pagar um pouco mais em um laptop, mas que exige qualidade.

Comentários

  1. Olá, adorei o post. Já tirei minhas dúvidas, agora vou virar casaca também...rsrs. Bye Windows, welcome macbook! :)

    ResponderExcluir
  2. Tenho um 15" q de quebra vem com uma Gforce GT 330M, Intel HD graphics integrado, 2,53 GHz Intel Core i5, 4GB de memória MHz DDR3, comprei refurbished no site da própria Apple enquanto estava em Houston no Texas, chegou no dia seguinte da compra e ainda com garantia de um ano, a questão de ele ser refurbished é que veio com o drive de DVD quebrado... porém custou $2.180 e eu já tinha um drive externo d DVD =) . MARAVILHA! ter um MAC pra quem trabalha com mesa digital para desenho e imagens depois de vir do windows descobre uma vida nova e maravilhosa! meu Windows anda dormindo bastante depois da chegada do MAC rsrs.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui. Não esqueça de deixar seu nome. Mensagens que façam uso de termos de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo será apagado sem prévio aviso.