nVIDIA estaria planejando corte de US$ 30 dólares no preço da GTX460

As vésperas do lançamento das novas placas nVIDIA GTX450, a nVIDIA prepara-se para cortes agressivos nos preços de suas irmãs maiores GTX460 -, de longe, a GPU da geração "Fermi" mais vendida.


A idéia inicial era de uma redução de preços de US$ 20 dólares, mas isso, segundo avaliações da própria nVIDIA, não seria suficiente para conter o avanço das Radeons no mercado DX11, o que teria levado à decisão de um corte adicional de US$ 10 dólares, chegando ao desconto de US$ 30 dólares. Trata-se, naturalmente, de uma situação de guerra de preços entre AMD e NVIDIA.

Estima-se que existam aproximadamente 67.000 nVIDIAs GTX460 nos canais globais de distribuição, o que significa que se a redução de US$ 30,00 dólares se confirmar, a nVIDIA terá que injetar por volta de US$ 2 milhões de dólares em seus parceiros comerciais, em decorrência de cláusulas de hedge (proteção de preços) nos contratos de compra por atacado.

O valor é necessário para ressarcir os estoques de GTX460 dos distribuidores comprados nos preços anteriores à redução. É claro que esses milhões de dólares de prejuízo aparecerão nos próximos resultados trimestrais da nVIDIA, o que não deve agradar nem um pouco os investidores.

"A alegria de uns é a tristeza de outros", dirão os gamers, que, ao contrário dos investidores, ficarão muito felizes com a notícia.

A nVIDIA não confirmou oficialmente a redução de US$ 30,00 dólares nos preços da GTX460.

Fonte: KitGuru

Comentários