Novidades sobre Fusion, Bulldozer e uma visão mais precisa das finanças da AMD no Q2/2010

O Editorial de hoje do PC Perspective traz algumas informações novas sobre os resultados financeiros da AMD no Q2/2010, e também algumas novidades a respeito do Fusion e Bulldozer. 

Aspectos financeiros - algumas informações adicionais sobre os resultados AMD Q2/2010

Apesar do prejuízo de US$ 43 milhões de dólares no período, o mercado financeiro recebeu positivamente o anúncio da AMD, sobretudo pelo fato de a receita de US$1,65 bilhões de dólares ter vindo bem acima da expectativa de US$ 1,55 bilhões.

Além disso, os resultados são apresentados de duas formas: padrão G.A.A.P e não G.A.A.P. A norma G.A.A.P é a oficial de contabilidade das empresas de capital aberto nos EUA, e com base nela que são feitas as comparações com os resultados de outras empresas. Ocorre que a norma G.A.A.P exige que a AMD incorpore em seu balanço os resultados de suas coligadas.

Tendo em vista que a AMD ainda tem uma participação de 28% no capital total da GlobalFoundries, ela teve que introduzir um perda contábil de US$ 120 milhões de dólares em seus resultados. Caso não houvesse essa conexão de resultados financeiros ("não G.A.A.P"), o lucro seria de US$ 86 milhões de dólares, mesmo com a AMD tendo usado US$ 200 milhões de dólares para quitar uma parte de sua dívida com vencimento em 2015.

Bulldozer

Como já é era amplamente conhecido, a AMD informou sobre o "tape-out" do Bulldozer. O "tape-out" significa que a parte de engenharia e desenvolvimento do produto está concluída, e que inicia-se a fase de pridução. De agora em diante a GF irá iniciar a fabricação de amostras de engenharia e ir refinando o processo até chegar no ponto de produção comercial.

Entre o "tape-out" e a produção comercial, em geral, leva-se de 9 a 14 meses. No caso do processo de 45nm da AMD, o tape-out ocorreu em janeiro de 2008, e a produção do Shangai iniciou 9 meses depois, em outubro do mesmo ano.

Isso permite supor que a chegada do Bulddozer ao mercado deve ocorrer em algum ponto entre o Q2/2011 e o Q4/2011. Uma novidade é que o PC Perspective acredita que as primeiras amostras de engenharia do Bulldozer estarão prontas em agosto.

AMD Fusion Llano - rumores de que amostras de engenharia já estão circulando 

Segundo o Editorial, o AMD Fusion Llano não está nem adiado e tampouco adiantado. Ocorre que houve uma perspectiva (extra-oficial) no começo de 2009 de aceleração do lançamento do Fusion para o final de 2010. Mas esses planos não se concretizaram e o Llano, portanto, fica onde sempre esteve: previsão de lançamento no primeiro semestre de 2011.

Ainda segundo o Editorial, o "tape-out" do AMD Fusion Llano já foi feito há algum tempo e há rumores de amostras de engenharia circulando. Entretanto, tais amostras não estão ainda nas mãos de OEMs, mas internamente na AMD.

Com essa manutenção do cronograma do Llano, fica claro que a AMD não terá condições de colocar o Fusion Llano no mercado no mesmo tempo em que a Intel colocará o Sandy-Bridge.

Entretanto, mais uma vez se confirmam as expectativas segundo as quais o Sandy-Bridge terá uma performance superior em termos de CPU, mas o Llano será superior em gráficos.

Outro aspecto apontado é que o Sandy Bridge não terá capacidade de executar códigos otimizados para GPGPU, uma funcionalidade que estará presente no Llano em função de sua compatibilidade com o OpenCL.

AMD Fusion Ontário

O Ontário, como sabemos, será baseado no núcleo Bobcat e, aqui, de fato, ocorreu uma antecipação do lançamento, com rumores, inclusive, de que a produção pode começar já no Q3/2010. Em termos de desempenho de CPU, o PC Perspective estima que esse chip terá uma performance similar a de um Athlon 64 X2 operando em 1.8Ghz e acima.

A capacidade de processamento gráfico do Ontário foi demonstrada na Computex 2010 rodando “Aliens Vs. Predator” DX11 de forma razoável. A parte gráfica do Ontário - núcleos SIMD - seria, segundo o PC Perspective, equivalente a uma GPU com 2 x 80 Stream Processor (núcleos SIMD), o que o tornaria mais rápido que um IGP 785G/880G que dispõe de 80 núcleos SIMD.

O AMD Fusion Ontário com um todo (CPU + GPU) teria um TDP de 20W, o que permitiria a um netbook nele baseado rodar filmes em 1080p por 7 horas seguidas longe da tomada.

Conclusões

Apesar de a linha de produtos da AMD para 2011 parecer interessante, não é esperado que o Llano ou mesmo o Bulldozer possam alterar de forma significativa as participações de mercado entre Intel e AMD. Entretanto, tais produtos permitirão uma ampliação das margens de lucro da empresa.

Veja o artigo completo aqui.

Comentários