Artigo de Charlie Demerjian sustenta que NVIDIA "será esmagada" pela AMD

Em um excelente artigo publicado no website Semiaccurate, o editor chefe - Charlie Demerjian - evidencia os problemas dos chips NVIDIA GF100 e GF104 provenientes da arquitetura NVIDIA Fermi, e conclui que a situação da NVIDIA é muito complicada e que será "esmagada" pela AMD / ATI.

O ponto central da argumentação é baseado na área do GF104, que é de 367 milímetros quadrados - 10% superior aos 334 milímetros quadrados do chip Cypress usado nas ATI Radeon HD58xx. Ambos os chips são fabricados no processo TSMC de 40nm, mas nos 334 mm^2 do Cypress a AMD colocou 2,15 bilhões de transistores, o que representa 6.44 milhões de transistores/mm^2.

O NVIDIA GF104 é bem menos eficiente, pois em um espaço maior, contém apenas 1,95 bilhão de transistores, o que resulta em uma taxa 5,31 milhões de transistores por mm^2. Resumo: o chip AMD Cypress é 20% mais eficiente em termos de espaço que o da NVIDIA, tem maior desempenho e oferece uma relação performance / watt bem superior.

Além disso, o artigo mostra os reflexos financeiros desses aspectos técnicos: tomando por base o preço do wafer de 40nm da TSMC, que é de US$ 5000 dólares, o Semiaccurate calcula que o custo de fabricação médio de um Cypress é de US$ 42 dólares, enquanto que o GF104 da NVIDIA atinge US$ 56 dólares.

O problema é que o Cypress é o chip das HD5870 e HD5850, vendidas a US$ 380 e US$ 300 dólares respectivamente, resultando em um preço médio de US$ 340 dólares. Já a GTX460 baseada no GF104 tem preços entre US$ 200 e US$ 230 dólares, resultado em um preço médio de US$ 215 dólares. Ou seja, a NVIDIA tem custo maior de produção e vende a preços menores.

O artigo também sustenta que o custo dos componentes das placas NVIDIA é 25% maior, para concluir que a AMD poderia reduzir seus preços em US$ 100 dólares que ainda assim ela estaria tendo mais lucros que a NVIDIA.

Sendo assim, Charlie Demerjian aponta que a NVIDIA vai lucrar com o GF104 enquanto a AMD deixar, mas que, como há uma restrição de oferta do chip Cypress, então a AMD, provavelmente, não irá reduzir os preços da HD58XX. Essa situação pode mudar se a GTX460 começar a ganhar mercado, situação na qual a AMD poderá reduzir os preços e empurrar a NVIDIA para o prejuízo com o GF104.

Mas, segundo o Semiaccurate, os problemas para a NVIDIA não param por aí. Como a arquitetura Fermi da NVIDIA está alguns trimestres atrasada, isso significa que quando a NVIDIA estiver colocando no mercado os seus chips GF106 e GF108 - destinados ao mercado de entrada -, a AMD estará lançando sua próxima arquitetura Southern Islands.

Isso significa que os preços das atuais Evergreen (HD5XXX) irão despencar, deixando a NVIDIA em situação muito complicada do ponto de vista financeiro. No final, o artigo conclui que "não importa o que a NVIDIA faça, ela será esmagada pela AMD". 

Veja o artigo completo no website Semiaccurate

Comentários