AMD atrasa lançamento da APU Fusion Llano, e antecipa o Ontário

O presidente da AMD - Dirk Meyer - declarou, na Conference Call realizada ontem para a divulgação dos resultados financeiros relativos ao segundo trimestre de 2010, que a evolução do processo de fabricação de 32nm da GlobalFoundries não está no patamar planejado. Assim, a empresa optou por mudar o cronograma de lançamento das APU, atrasando o Llano para 2011.

Segundo Meyer, a AMD está direcionando toda a sua engenharia para trabalhar com os OEM a fim de iniciar a entrega das APU Fusion Ontário para seus parceiros até o final de 2010, com a previsão de que os primeiros computadores equipados com tais APU estarão disponíveis para os consumidores no começo de 2011.

No mesmo evento, o executivo afirmou que a CPU de alta performance da AMD - Bulldozer - já concluiu o "tape-out" e que a AMD pretende começar a oferecer amostras de engenharia do Bulldozer para seus parceiros neste segundo semestre de 2010, mantendo a data de lançamento do Bulldozer para o segundo semestre de 2011.

A opção da AMD por atrasar o lançamento do Llano e "antecipar" o Ontário é um balde de água fria nas expectativas de que veríamos um Fusion de 4 núcleos com uma GPU com 400 ou 500 SP no mesmo die em funcionamento ainda este ano.

Entretanto, é preciso considerar que, do ponto de vista de mercado, o Fusion Ontário é mais importante do que o Llano, tendo em vista que é um chip para concorrer com o Atom da Intel - chip que é responsável por parte importante das receitas da Intel.

Além disso, se os Yields do processo de 32nm da GlobalFoundries estão abaixo do esperado, então não havia outra alternativa, e a solução adotada, ao que parece, foi usar o 40nm  da TSMC para o Ontário - algo que, diga-se de passagem, não era planejado.

Comentários