PowerColor mostra protótipo de GPU com placa de rede Killer 2100 incorporada

A fabricante de placas de vídeo PowerColor (subsidiária da TUL) apresentou na Computex 2010 um protótipo que incorpora uma GPU da Série AMD ATI Radeon HD5000 associada com uma placa de rede dedicada Bigfoot Networks Killer 2100.


O modelo mostrado dispõe das tradicionais saídas de vídeo DVI e HDMI, mas também de uma conexão de rede Gigabit Ethernet. O controlador de rede dedicado faz para a rede o que a GPU faz para os gráficos, ou seja, ele retira a tarefa de processamento de rede da CPU e o direciona para esse sub-sistema NPU (Network Processor Unit).


Segundo a Bigfoot Networks, empresa responsável pelo desenvolvimento do Killer 2100, o uso de uma interface de rede dedicada ao invés das tradicionais on-board presentes nas placas mãe traz uma série de benefícios para uma melhor experiência de jogo.



Em primeiro lugar, ao liberar a CPU da tarefa de rede, ele permite elevar a taxa de FPS dos jogos. Além disso, o uso de uma NPU reduz o tempo de "ping" entre o computador do usuário e o servidor, reduzindo os "lag´s".



Funcionalidade adicionais presentes na NPU permitem ao jogador controlar quais programas terão prioridade no uso da banda de rede, permitindo uma alocação de espaço na rede exclusivamente para o jogo e inibindo, temporariamente, o tráfego de dados de atualizações de sistema operacional ou demais softwares.



Segundo a TLU, empresa responsável pela marca PowerColor - placas de vídeo que incorporem NPU´s da BigFoot Netwoks devem chegar ao mercado em poucos meses. A integração de uma GPU e de uma NPU na mesma placa traz reduções de custos importantes, e permite que a placa com GPU + NPU integradas seja vendida a um preço menor que os dois componentes separadamente.

Em um teste promovido pelo website ThinkComputers sobre a NPU Killer 2100 observou-se melhoras significativas na taxa de FPS, e também redução de Lag´s e latências em jogos on-line, mostrando que os benefícios de se usar uma NPU são efetivamente mensuráveis.



A Bigfoot Networks, que ainda se define como uma start-up, já está preparando a versão Wi-Fi de sua NPU Killer 2100, além de estar em negociações com fabricantes de placas mãe para licenciar o seu controlador dedicado de rede, permitindo que tais placas mãe venham com NPU´s incorporados.

Fontes: Engadget  ThinkComputer

Comentários