Fusion coloca a AMD em disputas contratuais entre Global Foundries e TSMC

Alguns rumores têm surgido na imprensa especializada acerca da produção dos novos processadores AMD Fusion. A nova APU AMD Fusion Llano está certa que será produzida pela Global Foundries no processo de 32nm. Entretanto a notícia mais "esquisita" é sobre a produção da outra versão do Fusion, o Ontário, no processo de 40nm da TSMC.

Se olharmos os recentes roadmap´s da AMD, veremos que, de fato, o AMD Fusion Ontário estava previsto para ser fabricado em 40nm.


Entretanto, alguns detalhes dos motivos pelos quais a AMD estaria direcionando a produção do Ontário para a TSMC começam a surgir. Ocorre que a AMD não pode, pelo menos por enquanto, e por questões contratuais, direcionar, com ela gostaria, toda a sua produção para a Global Foundries. E a Global Foundries também não pode pegar toda a produção da AMD como ela gostaria. Por várias razões.


Na semana passada, um alto executivo da Global Foundries confirmou que já está produzindo processadores APU Fusion em 32nm para a AMD. Esse chip é, evidentemente, o Llano. 

Ocorre que a divisão gráfica da AMD, a ATI, está comprometida contratualmente a usar a TSMC para suas GPU´s. Mas aí que começam os problemas. A TSMC está atualmente no processo de 40nm, sendo que o novo processo de 28nm da TSMC ainda é um sonho distante de se realizar. O Digitimes noticiou na semana passada que a TSMC está comprometida com a produção de um chip em 40nm para a AMD/ATI.

O problema é que as fábricas da TSMC estão operando em capacidade máxima e não é possível, no curto prazo, ampliar a produção, o que está forçando a foundry taiwanesa a assinar termos de compromisso de mais investimentos para satisfazer seus clientes. Ocorre que do investimento à produção leva um tempo. Um longo tempo...

Por outro lado, a Global Foundries tem capacidade ociosa. E esse é a questão mais inusitada: a AMD é acionista da Global Foundries. A Global Foundries não só deseja, como tem capacidade para produzir o Fusion Ontário. A AMD preferiria enormemente que o Fusion Ontário fosse produzido pela Global Foundries, mas, por questões contratuais, a AMD terá que deixar a produção do Ontário com a TSMC.

A NVIDIA pode sorrir com a disputa entre AMD - Global Foundries - TSMC

Mas os paradoxos nesse caso não ficam por aí. Como a Global Foundries tem capacidade ociosa, diz-se que, em breve - na realidade, muito breve - a Global Foundries estará produzindo para a NVIDIA! É negócio: você precisa produzir, mas seus fornecedores não estão dando conta de produzir tudo o que você precisa. Então você lança mão de um outro fornecedor que tem como acionista o seu maior concorrente de mercado.

Por outro lado, a AMD tem várias linhas de processadores APU Fusion e eles estão sendo produzidos pela Global Foundries. Mas a TSMC está decidida a usar todos os intrumentos contratuais à sua disposição para reter a produção de processadores AMD Fusion Ontário no processo bulk de 40nm.

O aspecto embaraçoso é que a AMD é acionista da Global Foundries e não pode sair fora da TSMC por questões contratuais. E o que é igualmente embaraçoso é que a Intel agora tem uma estreita relação com a TSMC, porém, há muitos acordos contratuais que impedem que os detalhes técnicos de um cliente (Intel) sejam divulgados a outro cliente (AMD).

A AMD foi questionada sobre o assunto. E o posicionamento oficial da AMD foi o seguinte: "A AMD já tinha previamente divulgado que o AMD Fusion Llano seria fabricado pela Global Foundries no processo de 32nm. Ao mesmo tempo, a AMD informa que a APU Ontário será baseada na arquitetura Bobcat, mas o processo de gravação e qual a fundição que o fará ainda não foi divulgado. A AMD não irá dar mais detalhes sobre esse assunto neste momento."

A Global Foundries e a TSMC são rivais e a AMD é peça chave em uma feroz disputa de mercado entre elas. A Intel, por outro lado, assiste a disputa de uma posição privilegiada, e quem pode se sair bem, nessa história, é a NVIDIA.

Como se o imbróglio já não fosse suficientemente complicado, surgiram rumores de que a TSMC deliberadamente vazou os planos da AMD com a TSMC para tentar criar contrangimento entre a AMD e a Global Foundries.

Comentários

  1. Coloque Intense Debate aqui, as pessoas gostam mais de comentar com algum sistema de comments parecido com o "Wordpress".

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Olá, obrigado pela indicação. Vou verificar como colocar o Intense Debate aqui. []s.

    ResponderExcluir
  3. Aproveitando, ficou show esse novo layout, parabens !

    ResponderExcluir
  4. Já ativei o Intense Debate. Muito legal. Valeu pela dica. Mas só funcionará nos post´s que não tinham comentários ainda, pois, do contrário, iria apagar os comentários existentes.
    []ss

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui. Não esqueça de deixar seu nome. Mensagens que façam uso de termos de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo será apagado sem prévio aviso.