AMD renomeia algumas de suas placas gráficas para notebooks


A AMD está "lançando" algumas "novas" placas gráficas ATI Mobility Radeon para o segmento móvel. As aspas são necessárias pois na realidade o que está acontecendo é uma renomeação de placas antigas para uma nova nomenclatura, prática esta que não é muito apreciada pelos consumidores.

As placas em questão são da série ATI Mobility Radeon HD500v. O primeiro problema com essa nova nomenclatura da AMD é que o fato de usarem HD 5XXv pode levar muitas pessoas a acreditar que se trata de uma GPU compatível com a nova API Directx11, como são todas as ATI Radeon HD5000.

Mas não são: as "novas" ATI Mobility Radeon HD500v  só são compatíveis com a versão anterior da API - o DirectX 10.1.

No site da AMD podemos ver as "novas" ATI Mobility Radeon™ HD 530v, ATI Mobility Radeon™ HD 540v e ATI Mobility Radeon™ HD 560v, assim como as ATI Mobility Radeon HD 5165 e 5145. Todas essas placas são GPU´s DX 10.1, e não suportam o DX11.

Uma análise mais detalhada das especificações mostra que as "novas" GPU são fabricadas no processo de 55nm, o mesmo da série HD4000. As semelhanças não param por aí. A ATI Mobility Radeon™ HD 530v parece ser semelhante à série HD 43XX, a ATI Mobility Radeon™ HD 540v é muito parecida com a série HD 45XX e, finalmente, a ATI Mobility Radeon™ HD 560v similar à 46XX. Há também algumas variações nessas "novas" GPU, tendo em vista que uma ATI Mobility Radeon HD 545v é listada como equipando alguns novos notebooks da Dell.

O mais curioso, porém, são as ATI Mobility Radeon HD 5145 e 5165, que são iguais às HD 560V e 530v e 540V, respectivamente. Ou seja, não parece haver muita lógica nesses novos nomes usados pela AMD, tendo em vista que a empresa terá três nomes diferentes para o que,  pelo menos no papel, é a mesma GPU.

Essa nova estratégia da AMD pode ser um indício de que a AMD andou aprendendo algumas coisas com a nVIDIA. Ela pode ter analisado o potencial dessa tradicional "estratégia" da nVIDIA e pensado: "Ei! talvez não seja tão ruim assim colocar um nome novo em um produto velho, tendo em vista que poucos serão os consumidores capazes de ver a diferença."

Além dos "novos" modelos acima relacionados, a AMD também pode "lançar", em uma fase posterior, as "novas" ATI Mobility Radeon HD 565v e 580v, mas que também serão placas da série 4000 renomeadas.

Fonte: Semiaccurate

Comentários

  1. "Ei! talvez não seja tão ruim assim colocar um nome novo em um produto velho, tendo em vista que poucos serão os consumidores capazes de ver a diferença."

    ¬¬

    Não posso dizer que foi um erro porque trata-se de uma estratégia para vender, mas meio que uma decepção.

    ResponderExcluir
  2. Acho um vacilo essa renomeação de placas, mas considerando que as foundry´s nem conseguem suprir a demanda dos modelos mais novos, talvez seja necessário operar(leia-se vender) com o que já está estável e funcionando bem.(DDias)

    ResponderExcluir
  3. Isso não chega nem aos pés do que a Nvidia já renomeou....

    ResponderExcluir
  4. Ótimo post!

    Talvez a ATI queira iniciar uma diferenciação entre a linha Notebook e linha Desktop.
    Já ouvi que a mesma placa é mais potente para um Desktop do que para um Notebook. Talvez seja isso.

    Obs.: Dica: cara, você escreve muito "tendo em vista". cuidado com os vícios de expressão, para não se tornar repetitivo.

    Ótimo post!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui. Não esqueça de deixar seu nome. Mensagens que façam uso de termos de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo será apagado sem prévio aviso.