AMD Phenom II N930 x Intel Core i5-520M

O lançamento dos novos processadores AMD Phenom II de 3 e 4 núcleos para notebooks marca o retorno da AMD à competição no mercado de CPU de alta performance para notebooks. E a julgar pelos testes de performance efetuados pelo site búlgaro laptop.bg, a AMD retornou em grande estilo, oferecendo um chip rápido e poderoso o suficiente para encarar os poderosos Intel Core iX, e ainda assim apresentando um nível de eficiência energética excepcional, o que se consubstancia em muitas horas longe da tomada.

A oportunidade de a AMD entrar pesado no segmento notebooks não poderia ser melhor. O sucesso dos Intel Core iX é tanto, que a Intel não está conseguindo dar conta da demanda por seus novos processadores, e existe uma certa escassez desses processadores Intel no mercado, lacuna esta que pode ser explorada com competência pela AMD.

A nova plataforma móvel da AMD é conhecida pelo codinome "Danube" e faz parte da arquitetura K10 e fabricados no processo de 45nm, o que permitiu uma redução significativa de consumo: o TDP das novas CPU varia de 25 a 45W. Os processadores Danube oferecem suporte às memórias DDR3L. DDR3L são módulos de memória econômicas do ponto de vista energético, tendo em vista que trabalham com tensões de operação menores que as DDR3 convencionais, o que ajuda a ampliar o tempo das baterias de notebooks. 

A lista completa de processadores Danube incluiu 12 modelos.


Além das novas CPU, a plataforma Danube é integrada pelo chipset RS880M, que contém uma GPU integrada ATI Mobility Radeon compatível com DirectX 10.1.

Analisando as novas CPU´s, vemos os novos Athlon II e uma CPU V-Series. O processador V-Serie dispõe de apenas 1 núcleo de processamento operando a 2.2Ghz e 1MB de cache L2, ostentando um TDP de 25W.

Bi-nucleares

Dois modelos de AMD Athlon II com freqüências de clock, respectivamente, 2,10 e 2,30 GHz, 1 MB de cache e suporte a memórias de até 1066 Mhz. Seu consumo é de 35 watts - o mesmo nível observados nos Intel Core i3 e Intel Core i5 "M".

Acima temos mais quatro processadores bi-nucleares Turion II e Phenom II, todos com 2MB de cache L2, exceto pelo curioso AMD Turion P520 II, que trabalha com a velocidade de clock de 2,30 GHz e vem com 5MB de cache e consumo de 25 W. Temos também o AMD Phenom II BE X620 operando em 3,10 GHz. Este AMD Phenom II BE tem condições de enfrentar o dual core Intel Intel Core i7 620M (2,66 Ghz, 3,33 Ghz com um Turbo Boost e 4 MB de cache). O consumo é idêntico. Vamos ver o preço, tendo em vista que um processador Core i7-620M é vendido a US$ 322,00 em lotes de mil unidades.

Tri-nucleares

Subindo temos os modelos AMD Phenom II P820 e N830, que irão operar a 1,80 GHz e 2,10 Ghz respectivamente. Ambos modelos com 3 núcleos de processamento.

Tetra-nucleares

Os modelos mais rápidos da plataforma Danube são os AMD Phenom II P920, N930 e X920 BE. Todos modelos de quatro núcleos de processamento, sendo que o P920 é um modelo com 2 MB de cache, velocidade de clock 1,60 Ghz e apenas 25W de consumo. No lado da Intel, o processador de quatro núcleos mais econômico é o Intel Core i7-720QM com consumo de 45W, operando, em modo turbo, em até 2.8Ghz.

O AMD Phenom N930 é talvez o modelo mais equilibrado em termos de performance/consumo, operando em 2.0 GHz, com 2 MB de cache e 35 watts de consumo. Esse processador AMD Phenom II N930 tem tudo para se tornar a CPU mais rápida do mercado Mainstream.

O topo de linha é o Phenom II X920 Black Edition, de quatro núcleos, cada um dos quais operando em 2.30 Ghz e consumindo 45 W.

A CPU testada foi o AMD Phenom II N930. Importante apontar que o N930 certamente não irá conseguir igualar a performance dos modelos topo de linha da Intel, entretanto, ele certamente não irá custar tão caro quanto eles. Na realidade, ele deve apresentar um preço inferior até mesmo em relação aos Intel Core i5, que parece ser seu competidor direto.

Nesse sentido, a comparação foi entre o Intel Core i5-520 de 2,40 GHz (2,933 Ghz com o Turbo Boost) e cache de 3MB, 1 MB a mais que o apresentado pelo N930. O consumo de ambas as CPU é o mesmo 35W. O Intel Core i5 é gravado no processo de 32nm e o Phenom II N930 em 45nm.


Benchmark Windows 7


O Intel Core i5 520M obteve 6,8 pontos no Windows, enquanto que o Phenom II N930 chegou a 6,9. Primeira vitória da AMD.

WPrime 32

Um dos programas mais precisos para aferir a performance de processadores é o WPrime. Quanto menor o tempo de execução, melhor.



Vantagem de Core i5-520m: 2,1%

Cinebench 11

A maioria dos testes de comparações de  CPU usa o Cinebench como importante parâmetro, por ser um benchmark preciso para processadores multinucleares e estabelecer diferenças entre 32 e 64 bits.


Vantagem para N930 Phenom II: 3,3% (32bits) e 6,6% (64bits)

Everest

CPU Queen
Intel Core i5 - 7.961 pontos
AMD Phenom II N930 - 11.631 pontos
Vantagem para o AMD Phenom II N930: 31,6%

CPU FotoWorkx
Intel Core i5 - 12.303 pontos
AMD Phenom II N930 - 15.150 pontos
Vantagem para o AMD Phenom II N930: 18,8%

CPU ZLib
Intel Core i5 - 42.337 KB / s
AMD Phenom II N930 - 47.724 KB / s
Vantagem para AMD Phenom II N930: 11,3%

AES
Intel Core i5 - 10.566 pontos
AMD Phenom II N930 - 13.002 pontos
Vantagem para o AMD Phenom II N930: 18,7%

O Everest mostra a vantagem do AMD Phenom N930 em todos os aspectos. Entretanto, convém deixar um pouco de lado os testes sintéticos e ver o que acontece no mundo real, em uso de aplicações que efetivamente serão usadas.

Adobe Photoshop CS4


Teste real, executando uma sequencia de funções complexas e aplicação de filtros em imagens. Quanto menor o tempo, melhor.

O Intel Core i5 520M terminou a tarefa em 29,50 segundos, enquanto que o N930 levou 34 segundos.

Vantagem de Intel Core i5-520m: 13,2%

Temperatura

Uma das maiores desvantagens dos processadores AMD há alguns anos atrás era o calor excessivo. Esse problema não existe mais na plataforma AMD. Na realidade, hoje, os AMD operam em temperaturas mais baixas que os Intel. Durante um teste de stress dos dois processadores que durou 1 hora, o AMD Phenom N930 atingiu 48 graus, enquanto que o Intel Core i5 520M chegou a 56ºC.

Conclusão

O resultado dos testes mostram que, em geral, o AMD Phenom II N930 é um processador mais rápido que o Intel Core i5-520M. O simples fato de compará-lo com o processador Intel Core i5 mais poderoso já diz muito sobre o AMD Phenom N930

A batalha final se dará no terreno dos preços, onde a AMD sempre leva vantagem. Nesse sentido, optar por um notebook baseado na plataforma Danube certamente será uma ótima opção.  Esperamos que os novos notebooks equipados com processadores Danube cheguem ao Brasil em curto espaço de tempo, pois o seu futuro parece muito promissor.

Um comentário:

  1. Muto bom esse artigo,ele vai me ajudar muito na compra no meu novo notebook!!!! VLW pessoal!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui. Não esqueça de deixar seu nome. Mensagens que façam uso de termos de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo será apagado sem prévio aviso.