O Phenom II 1090T X6 Thuban e sua excepcional capacidade de overclock

A AMD conseguiu aperfeiçoar de forma significativa seu processo de litográfico de 45nm aplicado ao novo Phenom II 1090T X6 (hexa-nuclear) Thuban.

Essas melhorias permitiram à AMD dispor de uma CPU de 6 núcleos com frequencia de 3.2Ghz com o mesmo TDP de uma CPU do Phenom II X4 955, que é uma CPU de 4 núcleos com frequencia de 3.2Ghz e que tem TDP de 125W.

Assim, a AMD conseguiu colocar 50% mais núcleos em seu processador AMD Phenom II, mantendo o mesmo nível de dissipação térmica (TDP) e o mesmo processo de fabricação de 45nm.


A Intel, por sua vez, ao lançar seu processador hexanuclear - Intel Core i7 980 EE - conseguiu também manter o TDP da versão de 4 núcleos - Intel Core i7 975EE - porém, para isso, foi necessário usar um novo processo litográfico de 32nm, o que torna o feito da engenharia da AMD digno de menção.

A imagem abaixo mostra o Benchmark de Cache e Memória do Everest para o Phenom II X6 1090T.




O que a AMD está fazendo é comparável à melhoria obtida pela Intel em seu processador de Nahalem de 6 núcleos, que foi de um quad-core 3.3Ghz 45nm com TDP de 130W para um seis núcleos, 3.33Ghz e os mesmos 130W, porém, usado um processo de 32nm, ao invés dos 45nm da versão 4 núcleos.







O resultado acima é do Phenom II X6 1090T em frequencia stock rodando o  WPrime 32M. É um número realmente muito bom, tendo em vista que um Phenom II X5 @ 3.8Ghz  roda o mesmo teste em 9,6s.


A diferença é que a AMD conseguiu isso mantendo o processo de 45nm, enquanto que a Intel precisou lançar mão do 32nm para manter o TDP do Nahelem.



A boa notícia para os overclockers é que a nova CPU hexa-nucleoar da AMD apresentará excelente capacidade de aceleração. Segundo testes publicados em fórums internacionais, o novo X6 da AMD é capaz de atingir uma frequencia de 4.2Ghz usando uma tensão de alimentação de 1.4V, o que é realmente algo a ser comemorado.

Entretanto, como pode ser observado nas imagens abaixo, a aceleração de 4.2Ghz para o Phenom II X6 1090T foi obtida com apenas 4 núcleos ativos. De qualquer forma, o resultado é realmente excepcional, tendo em vista que um Phenom II X4 965 demanda uma tensão de alimentação nos núcleos superior a 1.6V para atingir tal frequencia de operação.


Veja os resultados.




Veja mais resultados do Phenom II X6 1090T http://forum.coolaler.com/showthread.php?t=235891&page=3

Comentários