nVIDIA ganha mercado de Intel e AMD no Q1/2010

O relatório trimestral de análise do mercado de processadores gráficos da consultoria Jon Peddie Research mostrou que a nVIDIA foi a empresa que mais ganhou participação de mercado no primeiro trimestre de 2010 (Q1/2010), quando comparado com o último trimestre de 2009 (Q4/2009).

Os dados mostram que a nVIDIA passou de 26,5% no Q4/2009 para 31,5% no Q1/2010, o que representa uma expressiva evolução de 5%. A AMD também apresentou crescimento, porém, mais modesto, de apenas 2,3%, passando de 21,7% no Q4/2009 para 24% no Q1/2010.

Ambas as empresas ganharam participação em detrimento da Intel, que viu sua participação no mercado de processadores gráficos diminuir 7,6%, caindo de 51,1% no Q4/2009 para 43,5% no Q1/2010, mantendo, porém, sua dominância nesse mercado.

As quotas de mercado no Q1/2010 ficaram assim divididas:

104.62 milhões de GPU´s vendidas no primeiro trimestre de 2010

Outro aspecto mostrado no relatório é o relativo às unidades vendidas. No primeiro trimestre de 2010 foram vendidos 104,62 milhões de processadores gráficos em todo o mundo, 18.8 milhões a menos do que o total vendido no Q4/2009 - 123,47 milhões.


EmpresaUnidades
Vendidas
Q1/2010
Participação
de Mercado
Q1/2010
Unidades
Vendidas
Q4/2009
Participação
de Mercado
Q4/2009
Crescimento
2009-2010
AMD25.1524.0%26.8121.7%96.3%
Intel45.4943.5%63.0451.1%22.3%
Nvidia33.0031.5%32.7026.5%41.9%
Matrox0.060.1%0.050.0%-7.7%
SiS0.220.2%0.060.0%-68.6%
VIA/S30.710.7%0.810.7%-14.7%
Total104.62100.0%123.47100.0%44.3%
Os números acima também mostram que a nVIDIA foi a única empresa que conseguiu vender mais processadores gráficos no primeiro trimestre de 2010 em relação ao último de 2009, o que é um resultado expressivo tendo em vista que o mercado como um todo vendeu menos, e, apesar disso, a nVIDIA vendeu mais.

A nVIDIA vendeu 33 milhões de GPU´s no Q1/2010, o que representa 300 mil unidades a mais que o vendido pela empresa no Q4/2009. A AMD, por outro lado, vendeu 1,66 milhão de unidades a menos no Q1/2010 quando comparado com o Q4/2009, sendo que a maior queda, novamente, foi da Intel, que vendeu menos 17,55 milhões de unidades, respondendo quase que sozinha pela retração agregada do mercado no período.


Mercado de processadores gráficos deve crescer 17,3% em 2010

O crescimento do mercado de processadores gráficos vem se acelerando desde 2008. Em termos agregados, a consultoria projeta um crescimento de 17,3% do mercado de processadores gráficos em 2010 quando comparado a 2009, e um avanço de 16,9% em 2011 frente a 2010.


200320042005200620072008200920102011
Total Graphics Chips:217.1239.0269.4316.5351.7373.0414.2485.7567.9
Crescimento
Percentual
Anual
20.2%10.1%12.7%17.5%11.1%6.1%11.0%17.3%16.9%
Em termos absolutos, a projeção indica que serão vendidos mais de 485 milhões de processadores gráficos em 2010, e 567,9 milhões de GPU´s em 2011.

Notas

A análise desses números - aliás, como a de qualquer número - requer cuidado para não se chegar a conclusões erradas. O primeiro aspecto a se apontar é que esses números são relativos a unidades vendidas, e não a faturamento. 

Isso significa que se a empresa X vendeu 100 unidades a US$ 1,00 cada um, e a empresa B vendeu 50 unidades a US$ 10,00, ainda asssim, a empresa X será apresentada como a líder de mercado, com quase o dobro da participação. Na situação hipotética acima, a "empresa líder" teria obtido um faturamento de US$100,00, enquanto a "segunda colocada" teria conseguido US$ 500,00, ou seja, cinco vezes mais dinheiro.

É difícil fazer uma análise precisa pois o relatório completo da JFR não está disponível para público. Entretanto, quando forem divulgados os resultados financeiros da nVIDIA poderemos ter uma idéia do preço médio de venda (ASP) das GPU´s da nVIDIA e compará-lo com o ASP da AMD. 

Apesar disso, não é difícil inferir que a AMD está dominando o segmento de alta performance, e que tem os maiores preços (e os maiores lucros também), enquanto a nVIDIA deve estar vendendo muito nos segmentos de entrada. Ou seja, a AMD vende menos unidades no total, mas a um preço médio maior (e com um lucro maior), enquanto a nVIDIA vende mais unidades, porém a preços mais baixos.

Fonte : JPR

Comentários