Intel revela detalhes do Sandy-Bridge no IDF2010

O Intel Development Forum 2010 (IDF2010), que ocorreu entre os dias 13 e 14 de abril na cidade chinesa de Beijing, foi o palco escolhido pela Intel para apresentar mais alguns detalhes de sua futura arquitetura de processadores Sandy Bridge, que irá substituir as atuais famílias de CPU`s baseadas na arquitetura Nahelem 45nm e Westmere 32nm.

Esses novos processadores Intel baseados na arquitetura Sandy Bridge serão fabricados na segunda geração do processo litográfico Intel 32nm High-K/Metal Gate, e devem entrar em produção até o final de 2010, sendo que o lançamento oficial acontecerá nos primeiros meses de 2011.
Imagem de uma CPU Sandy-Bridge rodando a 2.0ghz (IDF2009)

De acordo com as informações fornecidas pela Intel, os processadores Sandy Bridge terão versões com 4 (quad-core), 6 (hexa-core) e 8 (octa-core), sendo que os modelos octa-nucleares seriam prioritariamente destinados ao segmento de servidores e de workstations.


Da mesma forma que nos processadores Intel Core i5 e i7, os Sandy-Bridge virão equipados com a tecnologia HyperThreading e Intel Turbo Boost. Além disso, haverá algumas novidades que serão exclusivas do Sandy-Bridge.
  • Compatibilidade nativa com memórias DDR3-1600 MHz.
  • Controlador Integrado de Memória com suporte a quatro canais (quad-channel) DDR3
  • PCI Express 3.0, (retrocompatível com o 2.0), mas com o dobro da velocidade do PCI-e 2.0
  • Novo socket LGA-2011
  • Thermal Design Power (TDP) em torno de 130W


Como pode ser visto nos slides, os Intel Sandy-Bridge ainda mostrarão os seguintes aperfeiçoamentos:
  • Melhoria no IPC (Instructions per clock): o que significa que os processadores Sandy-Bridge serão mais rápidos que os Nahalem de mesma frequencia de operação, pois serão capazes de executar mais instruções a cada ciclo de clock.
  • Ampliação da capacidade de transmissão de dados dentro do processador, e, além disso, as latências dessas transferências internas serão reduzidas, o que tornará o processador ainda mais rápido.
  • Processamento gráfico melhorado em relação ao Clarkdale, em função da integração e também pelo fato de que a GPU e a CPU do Sandy-Bridge irão compartilhar o cache.
  • Sistema de gerenciamento de energia mais sofisticado.
  • Avanço impressionante em termos de eficiência energética. Os novos processadores da Intel irão funcionar em frequencia mais altas, serão mais rápidos, e, mesmo assim, consumirão menos energia e dissiparão menos calor.
  • Instruções AVX irão colocar tais processadores em níveis de performance de cálculos matemáticos em patamares elevados.

Facilidades para overclock

A Intel também revelou que os novos processadores Intel Extreme Edition disporão de funcionalidades específicas para overclock, como multiplicadores de núcleos e memórias destravados, para facilitar a elevação de frequencia de operação de tais CPU´s.

Além disso, a Intel está trabalhando em um aplicado de overclock, similar aos Asus EvoV, GigabAyte EasyTune, e AMD OverDrive.

Novas instruções

Os processadores Intel Sandy Bridge irão dispor de novas instruções AVX [Advanced Vector eXtensions], as quais trarão ganhos extremos de performance em cálculos de ponto flutuante e em aplicações multimídia, como a exibição de filmes em alta-definição.


Novo sistema de gerenciamento de energia

Por fim, a Intel anunciou que os Sandy-Bridge serão equipados de um novo e sofisticado sistema de gerenciamento de energia com vistas a tornar os processadores mais amigáveis ao meio-ambiente.

Roadmap

A programação de lançamento dos novos processadores é a seguinte:

Primeiro Trimestre de 2011 (Q1/2011)
  • Sandy-Bridge para o mercado de desktops
    • 4 núcleos de processamento (8 núcleos lógicos com o HT)
    • Socket LGA1155
    • Frequencia de operação: 3.0Ghz indo até 3.8Ghz em modo Turbo
    • TDP entre 65 e 95W
    • Memórias: dual-channel DDR-1333
    • 1 ou 2 GPU´s integradas

  • Sandy-Bridge para o mercado de notebooks
    • Socket HD LGA1155
    • TDP entre 20W e 45W
    • Memórias: dual-channel DDR-1333
    • 1 ou 2 GPU´s integradas

    Terceiro Trimestre de 2011 (Q3/2011)
    • Sandy-Bridge para desktop de alta performance
      • Socket B2 LGA1356
      • Memórias triple-channel DDR3-1600
      • Modelos de 6 e 8 núcleos físicos de processamento (12 e 16 núcleos lógicos)
      • Sem GPU integrada
      • Cache L3 : 15Mbytes (6 núcleos) e 20Mbytes (8 núcleos)

      • Sandy-Bridge para servidores 1P e 2P
        • Socket R LGA2011
        • Memórias quad-channel DDR3-1600
        • Modelos de 4, 6 e 8 núcleos físicos de processamento (8, 12 e 16 núcleos lógicos)
        • Sem GPU integrada
        • Cache L3 : 20Mbytes

      Quarto Trimestre de 2011

      No quarto trimestre de 2011 a Intel irá lançar o sucessor do atual XEON 7500, que será o Sandy-Bridge-EX, que contará com 8 núcleos físicos (16 núcleos lógicos graças à tecnologia HT).

      Além disso, também no quarto trimestre a Intel colocará no mercado as versões de servidores dos processadores Sandy-Bridge com socket LGA1356, em versões de 4, 6 e 8 núcleos físicos (8, 12 e 16 núcleos lógicos).

      Comentários