AMD Fusion começa a ser entregue para fabricantes de computadores

O presidente mundial da AMD - Dirk Meyer - confirmou durante a Conferência de apresentação dos resultados do primeiro trimestre de 2010 que a distribuição em grande volume de seus novos processadores AMD Fusion começará no fim deste ano de 2010.

Além disso, Meyer afirmou que a AMD já dispõe de amostras de engenharia de dois modelos do Fusion, e que um modelo desses processadores já está sendo enviado para clientes selecionados da AMD.

A produção dos novos processadores AMD Fusion começará no segundo semestre deste ano de 2010, sendo que a oferta comercial do produto iniciar-se-á no primeiro semestre de 2011.

As amostras de engenharia dos AMD Fusion às quais se referiu Meyer são, provavelmente, o Llano e o Bobcat, este último que integrará a plataforma Ontário que tem foco em netbooks e notebooks de performance média.

Ainda segundo Meyer, haverão versões de baixíssima dissipação energética do Bobcat que se destinarão ao mercado de Tablets.

Demanda por gráficos DX11 está forte

O presidente mundial da AMD também informou que a demanda pelos processadores gráficos AMD com suporte à API DirectX11 está muito forte, e, neste momento, supera a oferta. As receitas da AMD com processadores gráficos estão crescendo de forma sustentavelmente forte. Outro ponto positivo é que o ASP (preço médio de venda) de tais dispositivos também está em ascensão.

Opteron 6000 tem forte demanda

No campo dos servidores, Meyer relatou que a demanda pelos processadores AMD Opteron Série 6000 está muito forte, e que a AMD irá colocar no mercado a nova Série AMD Opteron 4000 ainda neste segundo trimestre de 2010.

Magny-Cours tem resposta entusiasmada do mercado

A resposta do mercado aos novos processadores AMD Opteron Magny-Cours tem sido, segundo Meyer, "muito entusiasmada", e que a AMD está obtendo retorno muito positivo de alguns grandes fabricantes de servidores.

O Magny-Cours colocou a AMD novamente em posição competitiva no segmento de servidores 2P, algo que não acontecia desde meados de 2006. 

Isso irá permitir um crescimento da participação de mercado da AMD no segmento de servidores, associado a uma ampliação do ASP (Preço Médio de Venda).

Comentários

  1. Sei não se um desses parceiros que já estão trabalhando com amostras não é a Apple não hein?

    E que venham logo os fusion, quero logo o bulldozer.

    ResponderExcluir
  2. @lordtux, pode ser a Apple sim. Se esse acordo da AMD com a Apple for fechado a AMD terá um ganho excepcional na percepção dos consumidores médios que não conhecem as vantagens das CPU´s e GPU´s AMD.

    Os PC´s da Apple são, de longe, considerados os computadores com melhor qualidade do mercado, até por isso, são vendidos em preços elevados. O fato de a AMD equipar um computador Apple terá um efeito simbólico muito interessante, o que ajudará a AMD em todos os demais segmentos de mercado.

    Eu mesmo, só uso AMD, pois o custo benefício oferecido é infinitamente superior à Intel. Na realidade, o único Intel que tenho é um netbook equipado com Atom, porque não tinha opção da AMD. Mas quando chegarem ao mercado os netbooks baseados no Bobcat, finalmente poderei me desfazer de meu único processador Intel que é o Atom, e ficar com todos os meus PC´s completamente baseados em plataforma AMD.

    Quanto ao Bulldozer, realmente será um monstro, e há uma ansiedade dos entusiastas para saber o poder dessa plataforma. Entretanto, em termos de mercado, o Fusion dará uma lucratividade bem maior para a AMD, pois ele será extremamente competitivo em um mercado no qual a AMD está sub-posicionada, que é o de Notebooks, onde, no segmento acima do Turion II X2, a Intel está sozinha.

    Mas o Fusion vai inverter esse quadro, pois será uma CPU móvel com gráficos integrados DX11 e performance muito boa (os boatos falam que o Fusion terá uma performance entre a HD5670 e a HD5770). E a Intel só terá uma CPU similar Sandy-Bridge com gráficos DX10. Então a vantagem da AMD será bem grande.

    Ano que vem será bem interessante.

    []s.

    ResponderExcluir
  3. "A produção dos novos processadores AMD Fusion começará no segundo semestre deste ano de 2010, sendo que a oferta comercial do produto iniciar-se-á no primeiro semestre de 2010."

    A produção comercial será no primeiro semestre de 2011 correto ? Está errado ali no texto confere ?

    ResponderExcluir
  4. Olá, a produção dos processadores tem que começar antes do lançamento oficial. Se o lançamento será no Q1/2011, a produção tem que começar no Q4/2010, tendo em vista que no lançamento já tem que existir os produtos no mercado para serem comercializados. Se forem notebooks, eles precisam ser fabricados pelos OEM, não é só colocar o processador no mercado de varejo porque nesse mercado não funciona assim.
    []s.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui. Não esqueça de deixar seu nome. Mensagens que façam uso de termos de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo será apagado sem prévio aviso.