AMD divulga os segredos do Phenom II X6 Thuban e da tecnologia Turbo Core

O site Tom´s Hardware revelou alguns detalhes adicionais sobre o novo processador AMD Phenom II X6 "Thuban". O aspecto mais interessante, porém, foi o relacionado aos custos das plataformas Intel e AMD. 

Segundo o Tom´s Hardware, será possível montar um computador completo baseado na nova plataforma Leo da AMD (CPU AMD Phenom II X6 + Motherboard AM3 Chipset 800 + GPU HD5000 + memórias) pelo preço que a Intel pede só pelo processador Intel Core i7-980X.






Os segredos do AMD Phenom II X6

O novo processador AMD Phenom II X6 terá um cache L2 total de 3MB, e um cache L3 6MB. Em termos de frequencias de operação, os modelos Black Edition deverão operar acima de GHz como clock básico. Na realidade, 3.2Ghz para o modelo mais rápido.



Ainda segundo o Tom´s Hardware, as possibilidades de overclock do Phenom II X6 serão similares às verificados nos atuais Phenom II X4.

AMD Turbo Core

O Tom´s Hardware também informou que os novos Phenom II X6 disporão da tecnologia AMD Turbo Core, que tem funcionamento similar ao Intel Turbo Boost. Com base no nível de utilização da CPU, o AMD Turbo Core será capaz de reduzir a frequencia de 3 núcleos do processador, e, ao mesmo tempo, subir em até 500Mhz a frequencia dos outros 3 núcleos submetidos a carga computacional.


Os três núcleos que sofrerão a redução de frequencia, porém, não serão completamente inativados: eles ficarão operando na frequencia de 800 MHz com um nível de tensão reduzido. Isso permitirá que até 3 núcleos do Phenom II X6 sejam acelerados em até 500Mhz, mantendo o nível de dissipação de energia dentro das especificações.

Em termos de motherboards, conforme o slide da AMD, todas as motherboards AM3 suportarão o funcionamento do AMD Turbo Core.



Outra informação do Tom´s Hardware é a de que o AMD Turbo Core tem funcionamento dinâmico. Isso significa que os três núcleos acelerados poderão se alternar entre os inativos, dependendo de onde o sistema operacional está alocando as threads com maior solicitação de CPU.

O AMD Turbo Core será controlado pelo sistema operacional, através dos chamados P-States (Estado de Performance). Quando três ou mais núcleos estão em baixa utilização, e os núcleos ativos estão em P0, a CPU usará o TDP economizado por tais núcleos para acelerar os demais, como dito, entre 400 e 500Mhz.



Dito isso, a AMD está afirmando que os novos Phenom II X6 são mais rápidos quando submetidos a aplicações otimizadas para múltiplos núcleos, e mais rápidos também em aplicações que usam apenas uma thread.

Comentários

  1. Maravilha! Porém as frases "Up to 500MHz depending on CPU model" e "Additional hardware or software may be required for full enablement of all features" me deixou "com a pulga atrás da orelha, preciso saber mais detalhes...

    ResponderExcluir
  2. Davi, é o seguinte. o Phenom II X6 de 2.8 vai chegar até 3.3Ghz em modo turbo. O de 3.0Ghz vai chegar até 3.5Ghz. E o top de linha, de 3.2, só vai subir 400Mhz, até 3.6Ghz.
    Esses novos processadores vão ajudar bastante em games, sobretudo nos não otimizados para multithread.
    []s.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui. Não esqueça de deixar seu nome. Mensagens que façam uso de termos de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo será apagado sem prévio aviso.