nVIDIA ION2 terá versões para Notebooks e Desktops

A nVidia mostrou na CeBit sua tão esperada solução gráfica ION2, e a grande novidade é que o nVIDIA ION2, ao contrário de sua predecessora, não é um chipset, mas uma GPU, que será associada aos novos processadores Intel Atom Pine Trail.
Como a plataforma Intel Atom Pine Trail já dispõe de um processador gráfico incorporado, a solução da nVIDIA agrega uma maior potência gráfica, e, por meio da tecnologia nVIDIA OPtimus, os dois processadores gráficos podem ser alternados, dependendo do nível de utilização.


Ou seja, para situações de menor demanda de processamento gráfico, permanece em funcionamento o processador da Intel, mas quando a demanda aumenta, o ION2 entra em operação.

Em termos de desempenho, o ION2 é, segundo a NVIDIA, 50% mais rápido no 3DMark06 e apresenta o dobro da performance no 3DMark Vantage. Evidentemente que essas são aplicações de benchmarcks sintéticos que podem não representar o ganho de performance da solução quando se usa aplicações reais, como jogos ou aplicativos de tratamento de imagens. Outra aspecto que precisa ser considerado é que esses resultados de performance foram tirados com a solução da NVIDIA associado a um processador Intel Atom de dois núcleos.

O ION2 irá aparecer em duas versões muito diferentes: uma específica para desktops (EC16) e outra para netbooks. Entretanto, as versões para desktops estão mostrando desempenho menor que a primeira versão do ION.

A nVIDIA espera que até o meio do ano 30 novos produtos já estejam no mercado com sua nova solução ION2. Os primeiros a chegar serão Notebook Acer Aspire One 532g (10 polegadas) e Asus Eee PC 1201PN (12 polegadas). Além dos netbooks, devem aparecer computadores do tipo all-in-one da Asus e Zotac.

Comentários