Gamers gastaram US$ 9,5 bilhões de dólares em hardware em 2009

O mercado de componentes de alta performance para computadores vem crescendo em um ritmo veloz na última década, representando quase a metade da receita total do mercado de hardware. 

Em termos de volume, porém, representa uma baixa participação de mercado. Ou seja, os componentes direcionados ao mercado entusiasta e gamer, são caros, e, apesar de venderem relativamente pouco, o que vendem responde por quase 50% da receita total.

Em termos globais, os gamers gastaram, em 2009, US$9,5 bilhões de dólares em processadores e placas gráficas high-end, SSDs (Solid Disk State), mouses, teclados e alto-falantes, monitores e outros produtos. Desses US$ 9,5 bilhões de dólares, US$4,3 bilhões foram gastos com componentes de altíssima performance. A previsão é de que, em 2013, os gastos globais com computadores de alta performance cheguem a US$ 12,5 bilhões de dólares.


Para se ter uma idéia da dimensão desses valores, o programa Bolsa-Família do Governo Federal tem um orçamento anual de aproximadamente R$ 13 bilhões de reais. Isso significa que o que se gasta em hardware para computadores gamer no mundo é mais do que o governo brasileiro aplica no maior programa de transferência de renda do planeta, e que atende quase 50 milhões de pessoas.

Segmentos performance e mainstream em alta

Apesar de os gastos totais estarem crescendo, há uma tendência de migração dos usuários dos caríssimos  segmentos "premium" e "ultra-premium" para as classes imediatamente inferiores "performance" e "mainstream". Isso é explicado pelo fato de os componentes médios já estarem apresentando um nível de performance que já é suficiente para atender às exigentes demandas do público entusiasta e gamer. 

Os PC´s de nível intermediário, hoje, já são capazes de permitir jogos com elevados níveis de detalhes em altas taxas de quadros por segundo (FPS). As atualizações do DirectX também estão fazendo com que muitos entusiastas migrem para as placas de vídeo intermediárias. Alguns gamers estão optando por comprar GPU`s de média performance, mas que já são suficientes para entregar elevados FPS na última versão do DirectX 11, ao invés de optarem por um investimento de longo prazo em uma caríssima GPU topo de linha.


AMD Radeon HD5670 

Apesar da queda queda relativa do mercado de ultra-high-end, esse segmento sempre será um mercado altamente lucrativo. Da mesma forma que nos carros esportivos, entusiastas e gamers frequentemente gastam centenas, algumas vezes milhares de dólares para maximizar a performance de seus computadores, com componentes que estão no mais elevado nível em termos de tecnologia e engenharia.

De acordo com a empresa de pesquisa de mercado Jon Peddie Research, o mercado de computadores montados pelo próprio usuário, além de upgrades, representa aproximadamente US$ 10,4 bilhões de dólares anuais. Esse valor total, porém, não é apenas direcionado para video-games, mas também para aplicações profissionais.

Fonte: XBitsLabs

Comentários