AMD Opteron 6100 Magny-Cours x Intel XEON 7500 Nahelem-EX

AMD e Intel lançaram nos últimos dias seus mais poderosos processadores para servidores. A AMD se apresentou para a disputa com o Magny-Cours, um chip com 12 núcleos físicos de processamento. A Intel já tinha o XEON de 6 núcleos e 12 threads, e lançou ontem a linha XEON 7500, com 8 núcleos e 16 threads.

Chegou a hora de colocá-los lado a lado para ver como se saem. Foi isso que fez o site alemão TECchannel, cujos resultados reproduzimos aqui.

CPU2006 - 64bit - Multitasking



Como podemos ver no gráfico acima, o AMD Magny-Cours 6174 superou tanto o Intel XEON Nahelem-EX de 8 núcleos quanto o Intel XEON 5670 de 6 núcleos. Entretanto, quando os processadores da Intel usam a tecnologia FlexMem da Dell (que só é usada em servidores DELL), há uma elevação de performance dos Intel XEON.

CPU2006 - Multitasking



No slide acima fica evidente que o AMD Magny-Cours está no mesmo nível do Intel XEON 5680, no teste de performance de compiladores e bibliotecas especiais. Em breve serão colocados os valores obtidos pelo XEON X7560, entretanto, os valores do Intel XEON 7560 devem ficar no nível dos AMD Opteron 6174.

CPU2006 - Multitasking - Ponto Flutuante



Outro teste com uso intenso de memória, no qual o recurso FlexMem da DELL fez diferença, tendo em vista que proporciona largura de banda adicional aos Intel XEON. No caso dos Xeons-8 usando sua própria memória, o desempenho cai 31%, colocando-o em um nível inferior ao AMD Opteron. Nesse teste, os quatro canais de memória do AMD Opteron 6174 mostram seu poder.

CPU2006 - Multitasking



Nesse teste novamente superioridade dos AMD Magny-Cours sobre os Intel XEON 5680. Os números do Intel XEON 7500 de 8 núcleos não estão disponíveis, mas devem ficar entre o XEON de 6 núcleos e o Opteron de 12 núcleos.

STREAM 5.8OP - 64bits - TIAD



Resultado decepcionante do Intel Xeon X7560 que conseguiu atingir apenas a metade da banda do Intel Xeon 5680. Por outro lado, novamente uma vitória incontestável do AMD Magny-Cours.

Performance Java Runtime



Aqui temos uma superioridade clara dos Intel XEON 5680 e 7560, de 6 e 8 núcleos respectivamente, sobre o AMD Opteron de 12 núcleos. O aspecto interessante é que o uso da tecnologia FlexMem da DELL reduz a performance dos XEON nesse caso.

Java Performance - 100% Carga



Este teste simula um teste de carga intenso, situação no qual o Intel XEON 7560 de 8 núcleos superou o AMD Magny-Cours de 12 núcleos. Entretanto, o AMD Magny-Cours de 12 núcleos ficou à frente do Intel XEON 5680.

Performance / Watt



Um dos indicadores mais importantes, e que mostram uma superioridade ampla dos processadores da AMD, que entregam muito mais performance para cada watt de energia gasto. Nem mesmo os Intel Xeon-5500/5600 que são gravados em 32nm conseguiram superar a eficiência energética dos AMD Opteron 6100 Magny-Cours.

Performance / Watt - sistema de gerenciamento desligado



Com os sistemas SpeedStep inativos a eficiência dos Intel Xeon X7560 e 5570 caiu 2%. Os Intel XEON X5670 e X5680 tiveram uma diminuição de 1%, e os Opteron 6100 Magny-Cours brilharam novamente.

Consumo de energia a plena carga



O teste mostra que os servidores baseados na plataforma Opteron 6100 "Magby-Cours" e Opteron 2100 "Istambul" consomem muito menos energia que os baseados nos Intel XEON 5600 e 7500 da Intel.

Consumo de energia - modo econômico



Novamente os processadores AMD Opteron mostraram grande superioridade em relação aos Intel XEON.

SpecPower2008 - consumo de energia




Novamente os AMD Opteron mostrando sua superioridade em eficiência energética sobre os Intel XEON.

Simulação Monte Carlo




Teste com vantagem para os Intel XEON, mostrando, porém, que a tecnologia DELL FlexMem piora os resultados nesse caso.

CINEBENCH - MultiCPU



Uma leve superioridade dos Intel, inferior a 3%, o que pode colocar em empate. Detalhe que há uma barra que se destaca, porém é relativa a um servidor com 4 processadores XEON.

Conclusão

Os dados do teste do site alemão TECchannel mostram, de forma eloquente, a superioridade da nova plataforma da AMD para servidores: o Opetron 6100 Magny-Cours. A grande surpresa do teste, porém, foi constatar que os AMD Magny-Cours conseguem se colocar em um nível de performance até mesmo superior aos mais poderoso dos processadores da Intel para servidores, que é o XEON Nahelem-EX.

Por outro lado, os AMD Opteron 6100 Magny-Cours mostram-se superiores aos Intel XEON de 6 núcleos e 12 threads baseados na plataforma Westmere, e que é gravada em 32nm. Outro aspecto a se ressaltar é o relativo a eficiência energética, no qual ficam evidenciada uma ampla superioridade da plataforma da AMD em relação aos modelos da Intel.

De qualquer forma, o Intel XEON 7500 "Beckton" parece um bom projeto em si, e, ao que parece, o objetivo da Intel com o Nahelem-EX Beckton é colocar uma alternativa no mercado ao Itanium, de forma a permitir sua retirada de linha (o que, evidentemente, nunca será admitido publicamente), pois [o Itanium] é um projeto que fracassou, e a Intel já enterrou alguns bilhões de dólares nele. Além disso, a funcionalidade do XEON Nahelem-EX de permitir múltiplos processadores tem o claro objetivo de colocar o Beckton como um substituto também dos sistemas RISC.

No segmento de servidores 4P x86, o Intel XEON 7500 Nahelem-EX "Beckton" está em  péssima posição. Nesse mercado os consumidores estão preocupados com consumo de energia e com preço, e o Intel XEON 7500 Beckton é péssimo nesses dois requisitos. 

O segmento de servidores 2P também não difere muito. Pode-se observar que a Intel está colocando o XEON 7500 para competir com o Opteron 6100 porque sabe que os 4 canais de memória e os 12 núcleos dos Opteron magny-Cours promovem uma surra homérica em cima dos três canais de memória e os 6 núcleos/12threads dos XEON 56XX. Ou seja, a Intel também está em uma péssima posição no segmento de servidores 2P também.

E, por fim, preço. De todos os processadores testados, os AMD Magny-Cours são os mais baratos de todos, o que mostra que a Intel terá que alterar sua política de preços para os processadores para servidores Intel XEON se não quiser ver a AMD avançando mais ainda sobre seu mercado.

Fonte: TECchannel

Comentários

  1. Está aí um teste que pode confundir a pessoa fazendo o acreditar em outros resultados se não analisado bem, mas só quem entende e gosta disso é que tem paciência para ver todos os gráficos, a mim isso doeu a minha cabeça de tanto passar por essas cores intensas.

    ResponderExcluir
  2. @kazuo, vamos ver outros testes, mas, por enquanto, esse teste é o único teste que eu considero válido. O Anadtech também fez um teste, só que em muitos casos com resultados "estimados"! Os caras colocam um teste com "resultados estimados"!!?? Complicado né?
    De qualquer forma, o TECChannel é especializado em computação profissional, já o Anandtech é mais genérico.
    Entretanto, de cara, no segmento de servidores, os AMD Magny-Cours já são amplamente vitoriosos sobre os XEON em dois requisitos principais: performance/watt e performance/preço, e, em muitos casos, superam em performance global os Intel XEON. Não tenho a menor dúvida que hoje a melhor plataforma para servidores 2P e 4P é da AMD.
    Abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui. Não esqueça de deixar seu nome. Mensagens que façam uso de termos de baixo calão (palavrões) ou conteúdo ofensivo será apagado sem prévio aviso.