Ações da AMD disparam e sobem 10% em um dia na NASDAQ

As ações de AMD - Advanded Micro Devices - subiram fortemente no pregão de hoje da Bolsa Eletrônica NASDAQ, que negocia ações de empresas do setor de tecnologia.


Ainda não estão claros os motivos da disparada, mas um conjunto de fatores podem ser apontados: segundo o The Wall Street Journal Online, há um consenso no mercado financeiro de que o setor de tecnologia já superou definitivamente a crise da economia mundial de 2008 e avança para um crescimento sólido neste 2009 e, principalmente em 2010. 








Além disso, o presidente mundial da AMD, Dick Meyer, em uma entrevista coletiva para a imprensa chinesa, afirmou que o país asiático se tornará o maior mercado da AMD em 2012, mas que isso pode vir a ser tornar uma realidade antes. Outra ponto abordado pelo executivo foi em relação ao acordo entre Intel e AMD fechado recentemente, e que, segundo Dick Meyer, os benefícios para a AMD serão imensos. 


A principal razão apontada pelo executivo para a previsão sobre o mercado chinês é a expansão do mercado de computadores nas áreas rurais da China em função dos estímulos econômicos do governo chinês para ampliar a inclusão digital da população nessas áreas.

Segundo a empresa de pesquisas Gartner, o mercado de computadores pessoais na China cresceu 28,5% no terceiro trimestre de 2009, um avanço impressionante, tendo em vista que o mesmo período de 2008 mostrou uma evolução de apenas 0,5%.

Karen Gua, vice-presidente da AMD China afirmou que o crescimento da AMD na China deverá vir das áreas rurais e da ampliação da demanda por notebook´s que apresenta tendência de forte elevação.

A AMD está presente na China desde 1993, e desde então vem apresentado um crescimento sustentado e ganhando clientes peso-pesados como a Lenovo. A empresa também estabeleceu estreita parceria com órgãos governamentais chineses, fornecendo processadores x86 para a criação dos supercomputadores usados pelo governo chinês.

Comentários